Home > Vereadores > Universitários lotam a Câmara Matense para Audiência Pública sobre Bolsa Faculdade

Universitários lotam a Câmara Matense para Audiência Pública sobre Bolsa Faculdade

No inicio da noite desta sexta-feira (05/07) o plenário da Câmara Municipal de Mata de São João ficou lotado por universitários da sede e litoral da cidade. Todos tinham o mesmo objetivo: participar da Audiência Pública sobre a Bolsa faculdade.

Presidida pelo Presidente da Comissão de Educação, Saúde e Assistência da Casa, vereador Tiago de Zezo, a Audiência contou com a presença da Secretária Municipal de Educação que foi convidada a fazer parte da mesa juntamente com o presidente da Câmara Agnaldo de Lulu, vereador Pastor Sandro e representantes dos estudantes, a exemplo da presidente do Grupo dos Universitários Matenses (Guma) Janete Jane Pacheco e do representante da classe estudantil no litoral, Wagner Aureliano.

“Essa Audiência Pública tem o objetivo de estar discutindo com vocês, esclarecendo toda essa situação, essa celeuma que se se tornou a discussão sobre auxilia transporte, a questão do Guma conhecida pela Lei também como Bolsa Faculdade. Diante de tantos questionamentos, de tanta polêmica, tanto vai e volta, é importante que a gente convoque a população para ter noção e ciência do que é que está acontecendo, quais são os passos que a Câmara deu e como tudo isso se iniciou”, justificou Tiago de Zezo (PT).

Em seguida ele convidou o Assessor Especial das Comissões Legislativas, Léoton do Nascimento, para fazer explanações do ponto de vista técnico e jurídico sobre o Projeto de Lei que a Câmara aprovou e encaminhou a prefeitura para reajuste de 100% da Bolsa Faculdade.

Após os esclarecimentos, a fala foi concedida à Secretária representante do prefeito. “Ele me pediu para que trouxesse a mensagem de que a procuradoria está trabalhando essa Lei que foi votada e que virá pra cá segunda-feira e que será igualzinha a que está aqui na mesa”, revelou Maricélia mais conhecida como Boneca.

“Maricélia tocou em um assunto aqui que eu preciso complementar. O prefeito me ligou e se comprometeu enviar o projeto com reajuste de vocês em 100%, então é um momento maravilhoso. A gente não está aqui para brigar por poder, a gente não está aqui por ego, nem por vaidade, vocês tenham certeza absoluta disso, a gente está aqui para brigar por vocês. Nós sabíamos das condições perfeitamente possíveis, plausíveis e justificáveis de mérito de vocês e o município pode sim arcar com isso. Diante da sensibilidade do prefeito de reconhecer o empenho desta casa, destes vereadores em brigar, em discutir muito ordeiramente, muito democraticamente, vamos sim acolher esse projeto do Executivo, o importante é que vocês tenham esse aumento de 100% e vocês terão”, disse o presidente Agnaldo de Lulu.

“Agora é muito fácil, é muito bonito, mas o que me orgulha de verdade é de saber que na verdade nós defendemos e vamos continuar defendendo os universitários nesta casa. É muito bom agora dar uma de bonzinho. O prefeito está mandando uma Lei dando 100%. Nós já o fizemos, a Lei está em vigor, o presidente sancionou ontem aqui nesta Casa, porque sempre foram contra”, desabafou Pastor Sandro (PRB).

Aos universitários também foi dada a oportunidade de tirar duvidas. Os questionamentos foram muitos, principalmente acerca do cadastramento feito pelo Guma e do transporte para os universitários na sede e litoral.

Foram aproximadamente duas horas e meia de audiência. Em alguns momentos a assistência interferiu com vaias, principalmente durante discursos dos vereadores da base governista. O presidente da Audiência precisou intervir e no final, universitários e parlamentares classificaram como de grande importância esse momento.

“A sensação é de dever cumprido. Nós estamos aqui para mudar a vida das pessoas, é para isso que nós fomos eleitos”, disse o vereador Sérgio Bogoió (PSD).

“Muito positiva essa audiência porque saíram ganhando quem merecia que são os universitários. Parabéns a todos os vereadores, aos universitários. Estou muito feliz e quero dividir com meus colegas vereadores e com os estudantes do município”, disse vereador Zelito (PSDB).

“É um motivo de muito orgulho. Sede, zona rural e litoral, todo mundo aqui interagindo, todo mund fazendo valer os seus direitos. Um momento marcante para nossa cidade, nosso povo, para nossos estudantes que agora terão esse beneficio de 100% já valendo a partir deste segundo semestre”, comemorou Agnaldo de Lulu (DEM).

“A Audiência Pública é justamente esse instrumento de democracia. A gente está na Casa do Povo, a gente está na Câmara legislativa e nós universitários devemos ser ouvidos a respeito desse projeto que abrange a gente. Muito positivo esse momento”, disse Carlos Eron, estudante de Direito.

Deixe seu comentário